Cotidiano - 12/02/2014

Frente de Trabalho forma 41 bolsistas em Itararé

Das 100 bolsas destinadas pelo Governo Geraldo Alckmin através do SERT, 66 tiveram o contrato assinado em Capão Bonito no início do programa.



  • Frente de Trabalho capacitou 41 trabalhadores na área de Jardinagem e Auxiliares de Cozinha

Geração de renda e capacitação profissional. Eis os principais objetivos da Frente de Trabalho, programa gerenciado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que formou, na última sexta-feira (7), 41 bolsistas em Itararé.

A formatura aconteceu na ETEC de Itararé no período da manhã.Desde sexta, os empregadores do município e da região têm à disposição cidadãos devidamente capacitados para os postos de Jardinagem e Auxiliar de Cozinha.

Para o Secretário de Indústria, Comércio e Empreendedorismo, Dirceu Vieira, o  resultado foi bem positivo porque a Frente de Trabalho não existia. "Trabalhamos, corremos atrás, e hoje, a Frente é realidade" concluiu.

Das 100 bolsas destinadas pelo Governo Geraldo Alckmin através do SERT, 66  tiveram o contrato assinado em Capão Bonito no início do programa.

O trabalho desta primeira equipe continua até o dia 27 de maio.

A secretaria informa que já protocolou em São Paulo um ofício, solicitando ao governo a continuidade desta parceria.

Mais informações sobre o programa 

Criada em 1999, a Frente de Trabalho tem como objetivo proporcionar qualificação profissional e renda à população desempregada e em situação de alta vulnerabilidade social. Tem duração de nove meses e 150 horas de qualificação.

Os bolsistas recebem mensalmente bolsa-auxílio de R$ 210, crédito para a compra de alimentos no valor de R$ 86 e seguro de acidentes pessoais.

No período, os participantes devem prestar serviços de interesse local (quatro dias da semana – 6h/dia) e, a partir do terceiro mês, frequentar o curso de qualificação profissional oferecido pela SERT, de acordo com a necessidade do município.

Para se inscrever, é preciso ser maior de 17 anos, estar desempregado há pelo menos um ano, residir no Estado de São Paulo há no mínimo dois anos, não ter familiar participante do programa e não receber qualquer benefício social equivalente.

O objetivo da prefeitura é oferecer novas bolsas da Frente de Trabalho e ampliar a parceria com o Governo do Estado para proporcionar melhores condições aos cidadãos do município.

Veja mais


WhatsApp fora da jornada de trabalho pode gerar hora extra.

E-mails, grupos da empresa e mensagens do chefe no WhatsApp.

Ler notícia

ACEI promove jantar do Dia Internacional da Mulher.

Evento ganha novo formato e terá stand up comedy com Ângela Dip. Convites estão à venda na ACEI.

Ler notícia

ACEI alerta sobre o tráfego de caminhões.

O Departamento Municipal de Trânsito – Demutran instalou novas placas na cidade para reforçar o decreto de 2011 sobre o tráfego de caminhões.

Ler notícia

Itararé ganhou mais 13 cidadãos!

Cerimônia da entrega de Títulos de Cidadão Itarareense teve a presença de diversas autoridades e populares

Ler notícia


Comentários