Política - 04/06/2013

Itararé realiza fase municipal da Conferência Nacional das Cidades

Itararé realizou nesta terça, dia 28 de maio, a 5ª Conferência Municipal das Cidades, com o lema "Quem muda a cidade somos nós, reforma urbana já".



  O evento ocorreu nas dependências do Plenário Eugênia de Mello Veiga, na Câmara Municipal de Itararé e contou com os seguintes eixos temáticos: Participação e Controle Social no Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano; Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano – FNDU; Instrumentos e Políticas de Integração Intersetorial e Territorial e Políticas de Incentivo à Implantação de Instrumentos de Promoção da função social da propriedade.

A população esteve presente, principalmente aquelas pessoas interessadas no desenvolvimento urbano, saneamento ambiental, mobilidade urbana, planejamento territorial, habitação e regularização fundiária.

Para o secretário de Meio Ambiente, Antônio Robson Ferreira, o evento teve a finalidade de incentivar o processo de discussão sobre o desenvolvimento do Município e também fornecer informações que irão ajudar no estabelecimento de políticas públicas. “Através dos temas debatidos, identificamos que a responsabilidade sobre os rumos de desenvolvimento da cidade não está somente com o Poder Público, mas sim compartilhada entre todos os que fazem parte do contexto de urbis”, explicou.

Para Ferreira, o Poder Público tem como princípio básico iniciar e ordenar esse processo, mas a população também tem o dever de participar do estabelecimento das metas a serem atingidas. “É importante pois identifica de forma muita clara quem são os atores que devem agir no sentido de trazer à comunidade a oportunidade do progresso e do crescimento”, completou o secretário.

Acerca das mudanças que a 5ª Conferência Municipal das Cidades, pode trazer para Itararé, o secretário explica para isso é necessário tempo, uma vez que esse encontro serviu para debater as temáticas apresentadas. “Quando falamos de planejamento estamos pensando na relação espaço/tempo e algumas ações são de efeito imediato e outras são de médio e longo prazo. Acredito que devemos entender a necessidade de participar cada vez mais na definição das metas que queremos atingir em determinado prazo de tempo”, concluiu Antônio Robson Ferreira.

Veja mais


Prefeitura de Itararé lançou o seu Portal da Transparência

Cidadãos poderão acompanhar movimentação de receitas e despesas e diárias utilizadas por servidores e agentes políticos

Ler notícia

Dr. Ulysses aprova projeto de mais recursos para saúde de municípios de IDH baixo

O projeto, se transformado em lei, vai beneficiar uma população de mais de oito milhões de pessoas

Ler notícia

Secretaria de Educação adquire caminhão refrigerado

Este veículo atenderá alimentos como carnes, leite, Iogurte e hortifrutis.

Ler notícia

CEI dos remédios aponta irregularidade administrativa.

Falha no controle de estoque ocasionou o descarte de 83 mil comprimidos.

Ler notícia


Comentários