Cotidiano - 05/10/2017

Primeira frota de ônibus a hidrogênio passa a circular no País.

São Paulo é o primeiro estado brasileiro a receber a frota de ônibus livres de emissão de poluentes.



São Paulo (SP) é o primeiro estado do País a receber a primeira frota brasileira de ônibus a hidrogênio para transporte urbano. Os veículos, em funcionamento desde a última segunda-feira (15), têm tecnologia de propulsão, ou seja, não emitem poluentes, apenas vapor d'água é eliminado pelo escapamento dos ônibus. Os coletivos também oferecem mais espaço aos passageiros, aperfeiçoamento dos sistemas de controle e integração a bordo e nacionalização de todo o sistema de tração.

Os ônibus apresentam 45% de energia renovável – contra 14% do resto do mundo -, colocando o País em uma posição de destaque mundial. Além do Brasil, os únicos países capazes de desenvolver e operar ônibus com tal tecnologia são Alemanha, Canadá e Estados Unidos.

A primeira frota vai circular no trecho Diadema/Morumbi, no Corredor São Mateus-Jabaquara (ABD). As carroçarias dos veículos trazem desenhos de pássaros representativos da fauna brasileira e foram batizados com o nome de três espécies: Ararajuba, ave da região Amazônica que representará as regiões Norte e Nordeste; Tuiuiú, ave símbolo do Pantanal e Sabiá Laranjeira, considerada por decreto presidencial como um dos quatro símbolos nacionais.

O projeto foi coordenado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU),  Agência Brasileira de Cooperação (ABC), direção do Ministério das Minas e Energia (MME),  e recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e da Agência Brasileira de Inovação (Finep).

Veja mais


Prefeitura de Itararé investe recursos próprios e leva asfalto ao Jardim Alvorada.

Os moradores estavam aguardando a pavimentação há mais de 15 anos.

Ler notícia

Carga de madeira mata condutor de Itararé em acidente na cidade de Ubarana (SP)

Trânsito no local do acidente ficou interditado por mais de meia hora

Ler notícia

Mensagem falsa no Facebook põe em risco computador de contribuintes.

Texto desperta a curiosidade, pois diz que o nome da pessoa “está aparecendo na lista de inscrições da malha fina”

Ler notícia

Estacionar em vaga de idoso ou deficiente passa a ser infração grave, mesmo que seja “rapidinho”.

São 5 pontos na carteira, mais multa de R$ 127,69 e remoção do carro/moto.

Ler notícia


Comentários