Política - 09/05/2016

Câmara libera verba para iluminação pública.

Aprovado por unanimidade projeto de lei do Executivo liberando R$ 870 mil.



Na sessão da Câmara de segunda-feira (2/5) foi votado e aprovado por unanimidade projeto de lei do Executivo liberando R$ 870 mil para despesas de manutenção da iluminação pública do município.

A aprovação se deu após explicações dos secretários municipais Eduardo Gradin, da Administração, e Marcos Vincenzi, do Desenvolvimento, em reunião com vereadores, na Câmara.

Estes recursos já estavam no caixa da Prefeitura e foi autorizado, na verdade, um remanejamento contábil para adequação ao Orçamento anual.

Segundo o secretário Gradim, com esta liberação será possível atender cerca de 100 pedidos para troca de lâmpada que estavam pendentes.

O dinheiro vem da CIP - Contribuição para Custeio da Iluminação Pública, taxa municipal cobrada pela Prefeitura e incluída na conta mensal da Elektro de todo contribuinte.

Em 2015 a manutenção passou a ser de responsabilidade da Prefeitura, que contratou, por meio de licitação, uma empresa terceirizada para realizar o serviço. De acordo com a Administração, são cerca de 4,5 mil pontos de iluminação nas áreas urbana e rural.

Mesmo já tendo assumido a manutenção, a Prefeitura - orientada por consultoria jurídica especializada - ainda discute com a Aneel, agência reguladora do setor, as cláusulas do contrato de cessão da iluminação pública a ser firmado com a concessionária Elektro.

Veja mais


Prefeitura adquire sete carros novos para as Secretarias

Carros novos irão atender quase todas as Secretarias

Ler notícia

Comissão da Câmara propõe revisão do contrato com a Sabesp

O relatório da Comissão aponta falhas na execução de serviços e o não cumprimento de alguns acordos.

Ler notícia

Vereador questiona prestação de contas que alega ser falsa

Vereador Dr. Junior alega irregularidades na prestação de contas apresentada para os vereadores

Ler notícia


Comentários