Notícias da Região - 21/10/2015

Futuros moradores visitam o "Residencial das Rosas" para a escolha dos apartamentos.

Prefeito Comeron também esteve no Conjunto Habitacional e destacou as mais de 1.500 moradias que serão entregues até o final de 2016.



Nesta terça-feira (20), em clima de forte emoção, famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa Minha Vida em Itapeva visitaram, pela primeira vez, os apartamentos do Conjunto Habitacional “Residencial das Rosas”, no Jardim Bela Vista. Até a próxima semana, a Prefeitura espera concluir essa etapa antes da entrega das 416 unidades habitacionais, prevista para acontecer entre dezembro e janeiro.

A dona de casa Neuzeli Antunes, que mora na Vila São Francisco, é uma das contempladas e poderá escolher um apartamento devidamente adaptado para abrigar sua mãe, que é idosa e anda com dificuldade. Luiz Carlos Correa, que reside em uma pequena casa na Avenida Cândido Rodrigues, no Jardim Virgínia, também deverá mudar-se com a irmã para um apartamento adaptado.

Os dois futuros moradores integram o grupo de pessoas que se declararam ou possuem parente com algum tipo de deficiência física. Para permitir a acessibilidade, os apartamentos foram adaptados para facilitar a circulação de pessoas com mobilidade reduzida. Cada imóvel possui dois dormitórios, cozinha, sala de estar e um amplo banheiro, além de vagas de estacionamento.

O caso do aposentado Nordélio Pires é diferente. Morador da Vila Ribas, ele deve optar por um imóvel do pavimento superior “por conta da vista privilegiada”. Ele e todos os demais 415 contemplados terão até a próxima semana a oportunidade de indicar o apartamento que querem morar com a família.

Segundo o representante da coordenação municipal do Programa Minha Casa Minha Vida, Adriano Ferreira, todas as indicações deverão passar por sorteio que será realizado no dia 29 de outubro no ginásio de esportes “Antônio Queiróz”, no Jardim Maringá. “Isso será feito para que a distribuição das unidades possa acontecer respeitando a opção feita pelas famílias”, explicou.

O prefeito Roberto Comeron também visitou o Conjunto Habitacional e acompanhou a visita, realizada durante toda a manhã. Segundo ele, o maior legado de seu governo será a entrega de mais de 1.500 moradias populares até o final de 2016, quando termina o mandato. “Hoje é um dia muito especial porque começamos a colher os frutos que plantamos. Foram muitas viagens a Brasília, muitas reuniões, mas o cansaço valeu a pena”, disse ele.

Em seu discurso, Comeron destacou que o “Residencial das Rosas” contará com quadras poliesportivas, parque infantil, salão de festas e área para a prática de caminhada e exercício físico. “Esse sempre foi o principal projeto de meu governo (a construção de moradias populares), por isso, estar com os futuros moradores deste Conjunto Habitacional mostra que, apesar de todas as dificuldades, momentos como este são gratificantes para mim”, disse o prefeito itapevense.

Confira abaixo como será a visita dos futuros moradores:

20/10 – Visita do grupo de Deficientes (42 habilitados)

21/10 – Visita do grupo de Idosos (42 habilitados)

22/10 - Visita do grupo Área de Risco (27 habilitados)

23/10 - Visita do primeiro lote do Grupo Geral (76 habilitados)

26/10 – Visita do segundo lote do Grupo Geral (76 habilitados)

27/10 - Visita do terceiro lote do Grupo Geral (76 habilitados)

28/10 - Visita do quarto lote do Grupo Geral (77 habilitados)

29/10 – Sorteio de Escolha das Unidades Habitacionais – Ginásio de Esportes “Antônio Queiroz” (Rua 31 de Março, 173 – Jd. Maringá), a partir das 9h30

Veja mais


Leitores participam do aniversário de bibliotecas públicas.

Muita leitura,brincadeiras e entretenimento fizeram parte das atividades que irão até junho.

Ler notícia

HMCL recebe doações

Os materiais foram distribuídos nas clínicas para melhor atender a população jaguariaivense.

Ler notícia

Jaguariaíva divulga programação de Natal

O "V Natal Para Todos" começa neste sábado (23) a partir das 9h na Praça Getúlio Vargas.

Ler notícia

Inscrições para o Programa VAI encerram nesta sexta-feira (15) em Itapeva.

Prefeitura oferece subsídios de até R$ 6 mil por projeto cultural.

Ler notícia


Comentários