Economia - 23/06/2015

ACEI destaca o trabalho de fiscalização de ambulantes em Itararé feito pela Prefeitura.

Os vendedores ambulantes são convidados a comparecer na Prefeitura para recolher as taxas necessárias.



  • Mercadorias apreendidas pela Fiscalização Municipal.

  • Mercadorias apreendidas pela Fiscalização Municipal.

  • Mercadorias apreendidas pela Fiscalização Municipal.

A Associação Comercial e Empresarial de Itararé destaca o importante serviço que está sendo realizado pelo departamento de Fiscalização municipal em relação ao comércio. Os funcionários estão atentos e abordando todos os vendedores ambulantes que entram na cidade.

A Fiscalização explica que esses comerciantes são notificados a comparecerem à Prefeitura para recolherem a taxa referente ao alvará de venda ambulante. “Os ambulantes que não se adéquam a situação são convidados a deixar a cidade”.

Durante a abordagem, a Fiscalização também verifica se as mercadorias possuem nota fiscal. Caso sejam irregulares, elas são apreendidas e o comerciante é multado. Ele ainda tem o prazo de 15 dias para apresentar a Nota Fiscal de origem das mercadorias e realizar o pagamento da importância relativa ao AI – Auto de Infração, para retirar os objetos.

“É um serviço muito importante, uma vez que isso atrapalha as vendas dos comerciantes/empresários que estão aqui instalados, que pagam impostos e geram empregos no município”, ressaltou a gerente da ACEI, Karina Valério.

Caso você veja um vendedor ambulante pelas ruas da cidade avise a Fiscalização através do telefone (15) 3532-8000 ramal 8062 ou diretamente no Paço Municipal. Fiquem atento, todos somos fiscais

Veja mais


INDÚSTRIA NÃO ACEITARÁ NOVO AUMENTO DA CARGA TRIBUTÁRIA.

O Brasil precisa de duas ações urgentes: baixar a carga tributária excessiva e reduzir a burocracia sufocante, diz Skaf.

Ler notícia

Vendedor brasileiro está menos simpático.

O consumidor entra na loja e muitas vezes encontra o vendedor de cara fechada. Será que a simpatia deixou de ser uma das nossas marcas registradas?

Ler notícia

ICMS e NFC-e: como o varejo deve ficar atento às mudanças válidas em janeiro.

As mudanças não são poucas e muitas empresas não estão conseguindo atingir os prazos estipulados.

Ler notícia


Comentários