Notícias da Região - 30/01/2015

Prefeitura e SANEPAR fazem reunião com moradores do Pinhalzinho.

A solução será a criação de uma Associação para o Controle e Manutenção d’Água.



  • Técnico da SANEPAR demonstra projeto de criação de uma Associação para cuidar da água do bairro.

  • Prefeita Elietti Jorge conversa com moradores do Pinhalzinho para resolver problema de abastecimento de água.

  • Vários moradores estiveram presentes na reunião.

Na última terça-feira (27), o Coordenador de Relações com as Comunidades da SANEPAR, Roboão Senegaglia esteve em reunião com a prefeita Elietti Jorge, o vice-prefeito Hillebrand de Boer, o Chefe de Gabinete Waldomiro Popadiuk, o Secretário Municipal de Obras, Habitação e Saneamento Rafael dos Santos da Silva, o Secretário Municipal de Serviços Urbanos Lenoir Zembruski para discutir uma solução para a comunidade do bairro Pinhalzinho com relação ao fornecimento e manutenção de água para aquela comunidade.

Segundo os estudos realizados pela SANEPAR desde o ano passado, a pedido da atual administração municipal, demonstram que a água daquele bairro é potável e serve para o consumo humano, desde que devidamente tratada. “A questão da água será analisada várias vezes durante o processo de instalação do novo sistema de fornecimento que será realizado em parceria com a SANEPAR e Prefeitura. O meu papel aqui hoje, é organizar uma Associação para o Controle e Manutenção da Água”, disse o Coordenador de Relações Comunitárias, Roboão Senegaglia.

A reunião com aproximadamente 70 (setenta) moradores aconteceu às 18h nas dependências da Escola do Campo Marechal Deodoro da Fonseca e contou ainda com a presença de outros secretários além dos já citados, ou seja, a Secretária Municipal de Saúde Maguiane de Fátima Ribeiro Copetti, a Secretária Municipal de Assistência Social Elisângela Henning Miranda, a Coordenadora da Vigilância Sanitária Laura B. Nalesso, o Coordenador de Meio Ambiente Francisco Neto e demais funcionários das respectivas secretarias.

“Não há interesse da SANEPAR e nem viabilidade administrativa por parte da Prefeitura no fornecimento e manutenção da água neste bairro. O que deve existir é a organização dos moradores através de uma Associação para que eles mesmos administrem este trabalho. E isso é possível, pois assim como Pinhalzinho existem mais de 2 mil comunidades que fazem este serviço no Estado. A SANEPAR e a Prefeitura farão todo o trabalho de instalação e readequação do abastecimento, além do controle inicial e três pessoas da comunidade, sendo uma titular e outras duas reserva serão treinadas pela SANEPAR para oferecer seus serviços em benefício da comunidade. O pagamento destas pessoas, bem como os custos de energia gastos para o bombeamento da água para o sistema, bem como a aquisição de químicos para o tratamento e a futura aquisição de bombas de reserva, sairão do fundo de reserva da Associação. Não é impossível. Os custos cairão praticamente pela metade e a Associação conseguirá manter-se tranquilamente; basta todos participarem deste modelo de gestão”, garantiu o Coordenador de Relações Comunitárias, Roboão Senegaglia.

“Nós da administração estamos trabalhando nesta questão da água do bairro do Pinhalzinho desde fevereiro do ano passado e agora estamos começando a ver surgir os primeiros passos para a solução definitiva do problema. Lembro que foi um pedido de toda a comunidade já naquela oportunidade para que fosse dada uma solução e que eles estariam dispostos a pagar pelos serviços. Mas nós, além disso, estamos oferecendo a oportunidade de se organizarem e fazerem do trabalho deles uma Associação capaz de gerenciar sozinhos os abastecimentos de água, o que dará a independência e a solução definitiva que tanto desejam”, disse a prefeita Elietti.

Os trabalhos devem começar no próximo mês, quando a Associação do Pinhalzinho já deverá estar formada para os primeiros passos em busca da qualidade de vida através do fornecimento de água em quantidade e qualidade.

Veja mais


Obras de duplicação da SP-258 são retomadas em Itapeva

Prefeito Comeron se reuniu com representantes da CCR SPVias

Ler notícia

Prefeitura resolve problema da erosão no Bairro Betel.

Tubulação está sendo feita com recursos próprios.

Ler notícia

Ex-prefeito Armando Gemignani assume a Secretaria de Administração do governo Roberto Comeron.

Formado em Administração na área de turismo pela Faculdade Morumbi, em São Paulo.

Ler notícia

Sengés terá novo Posto de Fiscalização para Trânsito Animal.

Município foi privilegiado com a conquista deste Posto, pois será mais um dos trinta existentes em todo o Estado”, disse a Supervisora Regional da ADAPAR.

Ler notícia


Comentários