Política - 09/01/2015

Cristina Ghizzi continua prefeita de Itararé após votação realizada na madrugada desta sexta-feira (09).

Sessão de Julgamento realizada pela Câmara Municipal terminou às 3h da madrugada.



  • Vereadores votaram e 08 votos foram para a cassação e 05 votos contra. (Foto- Cláudio Nascimento TV TEM)

  • Grande público esteve acompanhando os trabalhos do Legislativo. (Foto: Cláudio Nascimento TV TEM).

Mesmo com 08 (oito) votos à favor da cassação da Prefeita Maria Cristina Magno Ghizzi, 05 (cinco) votos mantiveram a chefe do executivo no poder, pois não foram atingidos os 2/3 de votos necessários para a sua cassação.

Após uma cansativa jornada de quase 10 horas, entre leituras processuais de acusação e defesa, uso da palavra por parte dos vereadores e posterior defesa pessoal da prefeita Cristina Ghizzi, a decisão foi pelo arquivamento da CP-Comissão Processante que apontava irregularidades no processo de gratificação para duas assessoras diretas da prefeita.

Um grande número de pessoas superlotou as dependências da Câmara Municipal para aguardar a decisão final. Diversas pessoas também na parte externa do prédio do Legislativo aguardaram até o final do julgamento. Outras, no entanto, preferiram assistir a transmissão AO VIVO da sessão através do site www.jornalcidadedeitarare.com.br que conseguiu transmitir somente até às 23h e que teve que suspender este trabalho devido ao tempo de canal aberto cedido pelo youtube e que não pode ultrapassar oito horas ininterruptas de transmissão. “Nós, da equipe do jornal pedimos desculpas pela interrupção, mas é algo que estava fora do nosso alcance por exigência do canal. Pensávamos que tudo estaria decidido antes deste prazo, mas foi uma experiência muito válida, pois atingimos o patamar máximo de 230 pessoas AO VIVO acompanhando nossa transmissão, e que desde já queremos agradecer e muito. Isto demonstra que nosso trabalho está sendo reconhecido”, disse o editor chefe Edson Silva.

Ainda sobre a decisão final do julgamento do pedido de cassação da Prefeita Cristina Ghizzi, os vereadores que votaram a favor da cassação foram: LÚCIO MARIANO CAMARGO, JOSÉ DONISETE DE CAMARGO, RODRIGO PIMENTEL FADEL, JOSÉ CARLOS M. M. JUNIOR, JÚLIO CESAR SOARES DE ALMEIDA, JURANDIR RIBEIRO DE CARVALHO, LAÉRCIO ANTONIO AMADO, WILLER COSTA MENDES.

Já os vereadores JOSÉ APARECIDO DOS SANTOS, MARA GALVÃO RIBEIRO, GILBERTO SANTANA, JOÃO ANTONIO VIEIRA e MARCOS VINCENZI votaram contra a cassação da prefeita.

Veja mais


Rejeitado pedido para instalação de Comissão Processante.

A denúncia foi redigida com base no relatório final da CEI, concluída em outubro deste ano.

Ler notícia

Em Itararé, Caramez foi importante no processo da entrega de títulos de propriedade para 188 famílias

"Foi o deputado que intermediou as negociações trabalhosas" disse coordenador do ITESP.

Ler notícia

Aprovada lei que limita barulho noturno em Itararé

Além do barulho, projeto de Lei de vereador quer evitar tragédias como a de Santa Maria

Ler notícia

Heliton do Valle recebe visita de Guilherme Mussi em Itararé (SP)

Deputado federal ouviu solicitações e realizou visita em PSF local

Ler notícia


Comentários