Saúde - 23/11/2014

Milton Monti propõe que recursos de emendas possam comprar medicamentos.

Atualmente as emendas na área da saúde são utilizadas apenas para equipamentos e estruturas físicas.



  • Parlamentar propõe que recursos possam também ser utilizados para compra de remédios.

O deputado federal Milton Monti apresentou uma emenda à LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) que permite que recursos destinados por emendas parlamentares aos municípios, na área da saúde, possam ser usados para a aquisição de medicamentos.

De acordo com o texto proposto, recursos destinados para a Rede SUS na opção de custeio poderão ter a finalidade de incluir a aquisição de medicamentos utilizados no controle e no tratamento de programas específicos, como asma, rinite, hipertensão, diabetes, bem como para o tratamento ambulatorial e domiciliar dos casos positivos de HIV/DST/AIDS.

Atualmente, só é permitida aos parlamentares a indicação de emendas, no âmbito do ministério da saúde, que propicie investimentos nas instalações físicas das unidades e compra de equipamentos, o que vem gerando às prefeituras uma carência financeira no que diz respeito ao custeio dos serviços prestados na área da saúde. “O que muitos prefeitos se queixam, hoje, é que as instalações físicas já estão adequadas. É necessário investir agora no custeio, na manutenção dessas atividades, para que a população possa ser melhor atendida, como é o caso da distribuição de medicamentos”, destaca o deputado federal Milton Monti.

Veja mais


Funcionários da Santa Casa de Itararé entram em Greve.

Desde o quinto dia útil, funcionários estão sem salários.

Ler notícia

Paciente do Hospital Amaral Carvalho e doador de medula óssea se encontram.

"Quando vi o pai e sua filha felizes, ela saudável, brincando e correndo, me senti honrado. Não há preço que pague um bem que podemos fazer ao próximo" comentou o doador Paulo.

Ler notícia

No combate à dengue, Vigilância Sanitária recebe citronela.

O odor cítrico da planta é um repelente natural de moscas e mosquitos, inclusive da dengue.

Ler notícia

Consumo excessivo de açúcar na Páscoa pode afetar visão, alerta especialista.

Marcus Sáfady, explicou que as consequências do excesso de açúcar no organismo podem ser graves para a visão.

Ler notícia


Comentários