Notícias da Região - 28/10/2014

Jaguariaíva conquista nova área para ampliação do Aterro Sanitário.

A ampliação visa, também, garantir maior vida útil ao aterro.



  • Aterro Sanitário de Jaguariaíva possui licença ambiental para operação até 2015.

  • Ampliação da área do aterro é só mais uma das várias medidas tomadas para que aterro seja considerado um exemplo na região.

Mesmo com a determinação de Decreto Federal 7.404/2010, que estabelece normas para a execução da Política Nacional de Resíduos Sólidos, de que trata a Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, que previa que até 2014 todos os lixões deveriam ser transformados em Aterros Sanitários, Jaguariaíva saiu na frente e desde o primeiro semestre de 2013, readequando o antigo lixão, atendendo todas as normas ambientais. Isso tudo, inclusive, junto com a implantação de Coleta Seletiva e Usina de Reciclagem no município.

E de modo a atender todas as necessidades e exigências ambientais, além da instalação da Usina e implantação da Coleta, o Governo Municipal buscou, também, a organização da Cooperativa já existente, disponibilizando assessoria técnica, equipamentos, treinamentos e capacitação, subsidiando, ainda, repasse financeiro para os cooperados.

Toda essa transformação teve início ainda em 2010, com a elaboração de projetos para o novo aterro, incluindo unidade de reciclagem, área para compostagem e vala de inservíveis, faltando, apenas, encontrar uma área apropriada que fosse mais adequada às necessidades.

Nessa mesma época teve início também projetos de educação ambiental, de forma a fazer com que a população adotasse a ideia e aderisse à separação do lixo reciclável, além da aquisição de cinco carrinhos elétricos para facilitar o trabalho dos catadores, aliado à disponibilização de treinamento, visando à motivação e a reestruturação da Cooperativa existente de forma a impulsionar o desenvolvimento da atividade recicladora em Jaguariaíva, o que continua a ser feito até a presente data.

E sempre pensando na melhoria dos serviços prestados e na qualidade de vida da população jaguariaivense, mesmo antes do término do prazo determinado pela lei nacional de resíduos sólidos, o município já trabalha no sentido de melhorar ainda mais o atual Aterro Sanitário, ampliando o espaço existente, que possui licença ambiental para operação até 2015.

A ampliação visa, também, garantir maior vida útil ao aterro, prevendo o crescimento do município e, para tanto, o Governo Municipal desapropriou área de 4,31 alqueires paulista, ou 10,34 hectares, localizada ao lado do atual espaço e já elabora projetos que serão entregues ao IAP a fim de licenciar essa ampliação. Em busca dessas melhorias, já estão sendo feitas valas sépticas e lagoas de tratamento de chorume, sempre atendendo as orientações da legislação ambiental vigente.

Importante destacar que o maior impacto nessa nova readequação, sempre pensando no futuro e de forma a antecipar-se às necessidades e inovações é que, além de uma área maior de utilização, o antigo espaço já está sendo recuperado e aterrado para o plantio de grama e árvores para ser utilizado como área de vivência para educação ambiental. Esse espaço ficará, na verdade, entre a Usina de Reciclagem e o novo Aterro.

Veja mais


Debate trata da regularização fundiária na região de Itapeva.

Lideranças da Alesp, Itesp e municípios da região sudoeste reuniram-se no plenário da Câmara.

Ler notícia

Administração trabalha para a pavimentação no município.

Nos últimos 14 meses houve um investimento que ultrapassa os R$ 10 milhões em pavimentação.

Ler notícia

Prefeitura inaugura Centro de Referência do Idoso da Vila Aparecida

Além das atividades de recreação, haverá também atendimento médico e uma farmácia com os principais medicamentos

Ler notícia


Comentários