Policial - 18/06/2013

Operação Conjunta foi realizada no último sábado (15)

A operação foi realizada no período noturno, entre às 22h e 03h, onde aconteceram diversas abordagens a veículos e pessoas além de vistorias em estabelecimentos comerciais.



Na noite de sábado (15) a Polícia Militar promoveu na cidade de Itararé, uma "Operação Conjunta" contando com a participação do Conselho Tutelar de Itararé, Fiscalização Municipal e Guarda Municipal.

A operação foi realizada no período noturno, entre às 22h e 03h, onde aconteceram diversas abordagens a veículos e pessoas além de vistorias em estabelecimentos comerciais.

Com cada Órgão atuando dentro da sua esfera de atribuição, o Conselho Tutelar registrou 04 (quatro) ocorrências de ingestão de bebida alcoólica por menores e a Polícia Militar, durante as abordagens e fiscalização de trânsito apreendeu 02 (dois) veículos; sendo que um dos condutores foi preso em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante.

Desencadeada na região central, tendo em vista a grande concentração de pessoas nesta área devido às festividades da Quermesse de São Pedro e outros eventos que aconteciam na cidade, este tipo de operação já foi realizada em outras ocasiões e continuará sendo promovida. Além do objetivo já citado, este tipo de operação, segundo o Comandante da PM de Itararé, 1º Tenente PM Ricardo Almeida Lopes, "auxilia na integração e cooperação entre os órgãos Estaduais e Municipais de Segurança em Itararé, no intuito de propiciar a manutenção da Ordem Pública e promover maior sensação de segurança aos cidadãos itarareenses".

Veja mais


Guarda Civil Municipal realiza operação durante a Feira da Lua.

A operação teve por objetivo garantir tranquilidade aos feirantes e visitantes.

Ler notícia

Guarda Civil Municipal estará atuando como Agentes de Trânsito a partir de março.

Campanha de conscientização dos motoristas no trânsito está sendo promovida através de cartilhas nos semáforos e escolas.

Ler notícia

Capturados três assaltantes de Taxistas em Itararé.

Autores do crime foram reconhecidos pelas vítimas.

Ler notícia


Comentários