Religião - 07/06/2013

Chuva não atrapalhou a celebração de Corpus Christi em Itararé

Mesmo com todo o mau tempo dos últimos dias, a chuva não atrapalhou a tradicional procissão de Corpus Christi em Itararé.



Durante todo o dia, centenas de fiéis estiveram em adoração diante da hóstia consagrada, na Igreja São Pedro.  Para que a Santa Hóstia seja adorada de uma forma visível pelos fiéis – pois para os católicos é o próprio Jesus vivo em Corpo e Sangue, Alma e Divindade – a Igreja a coloca dentro de um ostensório e a leva em procissão pelas ruas das cidades. É por isso que acontece a procissão de Corpus Christi, onde se dá um destaque especial à Eucaristia.

A Festa de Corpus Christi acontece sempre numa quinta-feira, em alusão à quinta-feira Santa, quando se deu a instituição deste sacramento. Durante a última ceia de Jesus com seus apóstolos, Ele mandou que celebrassem Sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que se transformariam em seu Corpo e Sangue.

"O que come a minha carne e bebe o meu sangue, tem a vida eterna e, eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeiramente comida e o meu sangue é verdadeiramente bebida. O que come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. O que come deste pão viverá eternamente" (Jo 6, 55 - 59).

Origem da Celebração

A celebração teve origem no século XIII em 1243, mais precisamente na cidade de Liége, na Bélgica, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.

Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal "Trasnsiturus de hoc mundo", estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração. A procissão com a Hóstia Consagrada conduzida em um ostensório é datada de 1274. Foi na época barroca, contudo, que ela se tornou um grande cortejo de ação de graças.

No Brasil

A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais na época em que o Brasil estava sob o domínio do Reino de Portugal.

Em Itararé, a confecção do tapete também é algo tradicional, embora tenha diminuído em muito seu tamanho, pois em anos anteriores, o mesmo saía da Igreja São Pedro e seguia pela Rua São Pedro, passando por um trecho da Rua XV de Novembro até a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição.

Mesmo com este trajeto mais curto, vários jovens da Pastoral da Juventude, coordenados por Otávio Carlos Ferreira Junior, estiveram durante a madrugada, confeccionando os tapetes com todo tipo de material, desde a serragem e tampinhas de garrafas até o TNT (tecido não tecido) que foi uma novidade este ano segundo o coordenador. “Ao todo foram utilizados mais de trinta e cinco sacos de serragem por grupo de jovens e este trabalho de peneirar a serragem e separar todo o material teve um mês de preparação. Outra novidade para este ano, foi a participação do grupo de jovens do bairro do Cerrado, que representou os rapazes e moças da zona rural”, disse Otávio.

O Pároco Pe. Jiuciney de Jesus Cambui disse que dois fatores são importantes nesta festa, “o primeiro é o fato de evidenciarmos a presença real do Cristo Jesus na Eucaristia e na Hóstia Santa e o outro fato é a congregação de milhares de fiéis, num mesmo dia, voltados e movidos pela mesma fé. Temos aqueles que ficam na contemplação que tem por papel primordial a elevação do pensamento a Deus, e Deus age de certa maneira nestas pessoas para que elas interajam e transmitam a vontade Dele à comunidade e temos ainda um segundo grupo prático como foi os jovens que trabalharam tão bem, para preparar a procissão os cantos e todas as homenagens neste dia tão especial. Então a importância deste dia está na universalização de nossa fé”, salientou o Pároco Pe. Ney.

Após a procissão pelas ruas de Itararé, todo o povo católico local e diversos visitantes de outras cidades, foram recebidos na Igreja Matriz, onde foi celebrada uma missa especial.

Veja mais


Itararé celebrou a festa da padroeira neste domingo (08)

Um grande festa em honra a Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Ler notícia

COPADDI inaugura Igreja que atende a comunidade.

Mesmo com muita chuva, centenas de pessoas estiveram presentes.

Ler notícia

Prefeitura realiza a 4ª Missa Campal em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes.

No mês de dezembro de 2015,o Parque da Barreira alcançou 1946 pessoas visitantes.

Ler notícia


Comentários