Política - 10/10/2013

Tribuna do Povo é utilizada pela primeira vez

Benedito Mariano Gaia destacou os benefícios do ciclismo a saúde e o uso da bicicleta como meio de transporte.



Na sessão de segunda-feira, 7, Benedito Mariano Gaia foi o primeiro cidadão itarareense a expor suas idéias falando da tribuna da Câmara Municipal.

De acordo com o regimento interno da Casa - por resolução aprovada em abril deste ano - foi regulamentado o uso da tribuna por qualquer pessoa que queira se manifestar publicamente durante as sessões.

Gaia usou o espaço para destacar os benefícios do ciclismo para a saúde e enalteceu o uso da bicicleta como meio de transporte e lazer.

Pediu também especial atenção do poder público para com o tema nas ações de planejamento do trânsito e de mobilidade urbana da cidade. Sugeriu, por exemplo, a criação de bicicletários em escolas, órgãos públicos, supermercados, etc.

Finalizou convidando a todos para o II Passeio Ciclístico Familiar que será realizado no próximo sábado, dia 12 de outubro.

Para utilização da Tribuna do Povo o interessado deverá fazer sua inscrição com cinco dias de antecedência e terá dez minutos para uso da palavra, com direito a aparte dos vereadores.

São pré-requisitos ter domicílio eleitoral em Itararé, não ser candidato a cargos eletivos, idoneidade comprovada e usar a tribuna com decoro, para tratar de assuntos ligados direta ou indiretamente ao município. A Tribuna do Povo também fica suspensa nos seis meses que antecedem as eleições municipais.

Veja mais


Prefeita visita Santa Cruz.

Prefeita e vereadores estiveram no distrito nesta quinta-feira, (23).

Ler notícia

Exoneração da Secretária Municipal de Saúde

Ao final da Nota o executivo disse que tentará desvincular esta decisão para demais secretários

Ler notícia

Dr. Ulysses aprova projeto de mais recursos para saúde de municípios de IDH baixo

O projeto, se transformado em lei, vai beneficiar uma população de mais de oito milhões de pessoas

Ler notícia

Comissão da Câmara propõe revisão do contrato com a Sabesp

O relatório da Comissão aponta falhas na execução de serviços e o não cumprimento de alguns acordos.

Ler notícia


Comentários