Agricultura - 23/09/2013

Agricultores de Itararé assinam contratos do PNHR

Onze moradias rurais serão construídas no município



Na última quinta-feira (19) às 13h foi realizada a assinatura dos contratos para execução do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) em Itararé.

O evento aconteceu na Câmara Municipal e estiveram presentes diversas autoridades civis, o superintendente regional da Caixa Econômica Federal Gilberto Cristo Filho, o gerente geral da Caixa Econômica Federal de Itararé Agenor Lacerda Junior, agricultores familiares e a prefeita Cristina Ghizzi.

A ação possibilitará o início das obras para a construção de 11 unidades habitacionais e a construção conta com subsídios dos governos Federal e Estadual.

A subvenção Federal é de 96% de R$ 28,5 mil, deixando somente 4% de investimento aos agricultores.

Cada moradia ainda terá mais R$ 10 mil do Governo Estadual para sua construção, já que em 2 de agosto, o Governador Geraldo Alckmin, ao participar da 10ª Agrifam – Feira da Agricultura Familiar, atendeu reivindicação da Fetaesp por mais essa quantia, que propicia a ampliação na construção das habitações, resultando numa moradia de R$ 38,5 mil. “Com esse subsídio o agricultor poderá ter uma casa mais adequada as suas necessidades”, observa Sônia Maria Sampaio, diretora de finanças da Federação.

O PNHR compõe o ‘Minha Casa, Minha Vida’ e tem o objetivo de reduzir o déficit habitacional rural, oferecendo condições para que os produtores rurais tenham moradias de acordo com suas necessidades, seja por meio de construção ou reformas, de forma a contribuir para a manutenção do homem do campo na atividade rural.

Veja mais


Secretaria de Agricultura e Pecuária participou da 10ª AGRIFAM

Um grupo de produtores de Itararé também esteve presente

Ler notícia

Curso de Doma Racional foi realizado em Itararé. Leia matéria e assista a reportagem

Técnica ensina a respeitar o animal e procurar entendê-lo sem violência

Ler notícia

Arrecadação de embalagens vazias de agrotóxicos somou 8.500kg

Agricultores ajudam na preservação do meio ambiente recolhendo embalagens

Ler notícia

Duas doenças atacam o trigo de Guarapuava (PR) na hora da colheita.

Com a colheita prestes a começar, as doenças, que estavam na cevada, pularam para o trigo.

Ler notícia


Comentários