Cotidiano - 08/08/2013

Prefeitura em parceria com a COPEL e Elektro desmonta torres no Jardim Alvorada.

Torres que já estavam desativadas há mais de 10 anos darão espaço à casas populares



A Prefeitura Municipal de Itararé, através de uma parceria entre a Secretaria de Indústria e Comércio, COPEL e Elektro está desmontando desde o último dia 29 de julho, duas torres de energia que já estavam desativadas há mais de 10 anos.

“Estas torres são conhecidas pelo nome popular de “linhão” e a área compreende cerca de 53 mil metros quadrados, com aproximadamente nove quadras” informou o Secretário Dirceu Vieira.

O objetivo é utilizar esta área para a construção de aproximadamente 208 casas populares. Algumas destas casas servirão para abrigar famílias que estavam ocupando de forma irregular terrenos junto ao Distrito Industrial.

Tão logo estas famílias deixem o Distrito, a Secretaria de Indústria e Comércio poderá pleitear recursos junto aos órgãos estaduais e federais para as melhorias na área industrial. “Antes era impossível se pensar em pleitear recursos, pois a CETESB não liberava a licença ambiental, o que impedia qualquer tipo de investimento naquele local”, comentou o secretário.

A forma como serão construídas estas casa ainda estão sendo analisadas pela administração municipal, mas segundo o secretário Dirceu Vieira, “deverão acontecer em forma de mutirões, ainda a ser avaliado pela Secretaria Municipal de Habitação e Meio Ambiente”.

Segundo o secretário, após as torres serem desmontadas e os postes e fiações serem retirados, a Prefeitura estará realizando o serviço de limpeza da área através da gradagem do local para acabar com a sujeira e mato que atualmente toma conta dos terrenos e posteriormente haverá a terraplanagem e a construção de cercas para evitar invasões e também para guardar futuros materiais de construção para a obra.

Perguntado sobre possíveis invasões que possam ocorrer no local, o secretário disse não acreditar nesta possibilidade, “o povo de Itararé é muito ordeiro e deverá respeitar a nossa decisão em construir casas populares, pois este é um projeto social que visa o bem da própria população. Caso ocorra algum tipo de invasão, o setor de Fiscalização da Prefeitura estará atento e promoverá a retirada dos invasores”, concluiu. 

Veja mais


Prefeita Cristina Ghizzi fala sobre a 19ª Festa de Peão de Itararé-SP

ASSISTA a entrevista completa da prefeita clicando no VÍDEO DA SEMANA na página inicial.

Ler notícia

Para a data do feriado da Consciência Negra não será cobrado o alvará especial.

Em Itararé uma lei municipal alterou a data para feriado, desde então, o assunto é polêmico e divide opiniões.

Ler notícia

Itararé inaugura base de grupamento ambiental

O grupamento funcionará cotidianamente, das 08h às 18h.

Ler notícia


Comentários