Agricultura - 19/09/2017

Mutirão de atendimento veterinário gratuito será dia 21 no Jardim Alvorada.

Deverão ser vacinados cães e gatos saudáveis e com mais de três meses de idade.



A Prefeitura de Itararé (SP), por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, realizará

no dia 21 deste mês o mutirão de atendimento gratuito em cães e gatos na Escola

Municipal do Bairro Jardim Alvorada, das 14h às 18h. Além dos atendimentos, a

Prefeitura vacinará os animais contra raiva e várias outras doenças (V10). As carteiras

de vacinação devem ser apresentadas.

A ação conta com a parceria da Universidade Fait. Segundo o prefeito Heliton do Valle,

é importante destacar esse apoio, que auxilia no combate a zoonoses no município. A

entidade atende também os casos de doenças graves, quando os animais são

encaminhados para o Hospital Universitário. A Prefeitura garante apoio no transporte.

“Valorizamos esse apoio das entidades privadas para que nossos serviços sejam cada

vez mais assertivos para o benefício da nossa população”, diz o prefeito.

No último mutirão, realizado no mês passado na Paulicéia, foram atendidos cerca de

300 animais, segundo informou o secretário municipal de Agricultura, Castelar

Pimentel Júnior. Essa é a quinta edição do projeto promovida neste ano. No total,

aproximadamente 800 animais já foram atendidos. A ação é inédita em Itararé e foi

iniciada na gestão Heliton do Valle. Haverá distribuição de brindes de ração para os

animais.

Vacinas

A vacina V10 protege os animais de doenças como cinomose, parvovirose,

coronavirose, adenovirose, parainfluenza, hepatite infecciosa canina, além de quatro

tipos de leptospirose. A vacinação antirrábica é obrigatória para os animais com mais de

três meses. Os únicos que não devem ser vacinados são os animais doentes.

Veja mais


Produtores rurais de Itararé participam de Feira da Agricultura Familiar.

O evento teve a participação de 36 pessoas entre técnicos e agricultores familiares de Itararé.

Ler notícia

Duas doenças atacam o trigo de Guarapuava (PR) na hora da colheita.

Com a colheita prestes a começar, as doenças, que estavam na cevada, pularam para o trigo.

Ler notícia

Sindicato Rural e FAESP/SENAR-SP ministraram mais um curso sobre piscicultura

A piscicultura pode ser uma grande fonte geradora de renda em Itararé

Ler notícia

Feijão – Operações de AGF têm sido insuficientes para dar suporte ao mercado.

O analista pondera que com a crise do mercado o produtor pode perder estímulo para a próxima safra.

Ler notícia


Comentários