Cotidiano - 17/06/2016

Itararé tem a madrugada mais fria em 12 anos.

Temperatura média atingiu 1ºC no centro da cidade.



Temperatura média atingiu 1ºC? no centro da cidade, termômetros chegaram a registrar menos de 0ºC durante a madrugada

Itararé registrou nesta segunda-feira (13) a temperatura mais baixa do ano, com 1°C às 7h e sensação de -3°C durante a madrugada, segundo o Climatempo.

O frio e a umidade causaram pontos de geada na zona urbana e rural. Em alguns pontos, o termômetro registrou a marca de -1°C.

Segundo o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), o frio continua na cidade, mas a temperatura volta a subir ao longo da semana.

A partir desta quinta-feira outra massa de ar frio deve voltar a atingir o território paulista, com aumento da nebulosidade e redução da temperatura.

O Coordenador de Defesa Civil de Itararé, comandante Gonçalves, alerta que devido ao frio intenso, deve-se ter muita atenção com os recém nascidos, principalmente durante as madrugadas, pois as baixas temperaturas podem colocar em risco a vida dos mesmos.

A Defesa Civil também atende pessoas em situação de vulnerabilidade. Se algum cidadão presenciar situações de risco com moradores de rua sem agasalhos ou que estejam descobertos, favor acionar a Defesa Civil através do fone 199, pois a instituição dispõe de cobertores para realizar eventuais atendimentos.

Veja mais


IBGE reinaugurou suas instalações em Itararé

Todo e qualquer cidadão pode ter acesso aos dados, mas é necessário que ele busque em nosso site ou agências, disse Francisco G. Barcia - chefe do IBGE estadual

Ler notícia

Operação 12 de Outubro - Expectativa de 466 mil veículos nas rodovias da CCR SPVias.

Na Rodovia Francisco Alves Negrão (SP 258),o movimento esperado é de 33 mil veículos.

Ler notícia

Identificação biométrica está disponível em todo o Estado.

Nessa fase o comparecimento não é obrigatório, mas quem se adiantar pode evitar transtornos no futuro.

Ler notícia

Prefeitura de Itararé investe recursos próprios e leva asfalto ao Jardim Alvorada.

Os moradores estavam aguardando a pavimentação há mais de 15 anos.

Ler notícia


Comentários