Notícias da Região - 22/01/2016

Nova empresa se instala no Distrito Industrial de Sengés.

A LF Transportes deverá empregar inicialmente, 20 (vinte) funcionários diretos e mais 30 (trinta) indiretos.



Com previsão para fevereiro deste ano, a empresa LF Transportes deverá iniciar suas atividades no Distrito Industrial de Sengés.

A LF Transportes deverá empregar inicialmente, 20 (vinte) funcionários diretos e mais 30 (trinta) indiretos, conforme informou o Secretário Municipal de Indústria e Comércio, Wanderlei Pedro Corassa.

A instalação da empresa no Município de Sengés foi um trabalho da atual administração municipal em conjunto com o Secretário que manteve diversos contatos com a LF Transportes.

Segundo informou Corassa, a empresa trabalha na produção de Biomassa, Cavaco de Pinus e Eucalipto e Resíduos de Madeira.

Entre os principais clientes da LF Transportes está a Cargill, uma das maiores indústrias de alimentos do País e os principais fornecedores são os pequenos produtores florestais.

Boa parte do serviço de terraplanagem para a instalação da LF Transportes em Sengés foi realizado pela Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio bem como a Secretaria Municipal de Serviços Gerais com o fornecimento de caminhões, máquinas e todo o pessoal necessário.

“O terreno é da empresa e a parceria entre o Poder Público e Privado se faz necessária para a instalação de uma empresa como esta, que gere empregos direta e indiretamente para as famílias Sengeanas. Num momento de crise em que o País atravessa, investimentos como este são muito bem vindos, pois nos dão ânimo de seguir em frente com o nosso trabalho”, disse o Secretário de Indústria e Comércio, Wanderlei Corassa.

Veja mais


Melhorias em estradas será tema de audiência no DER

Diretório do PSDB de Itapeva e Condersul participam de audiência com Superintendente do DER

Ler notícia

Câmara Municipal entrega honrarias a munícipes ilustres no dia 21.

Na solenidade, Bertholdo Klinger Felippe e Eduardo de Vincenzo serão homenageados.

Ler notícia


Comentários