Economia - 14/10/2015

Natal deve ser o pior para as vendas desde 2004.

É o que alerta o Sebrae-SP. Móveis e eletrodomésticos serão os mais afetados, prevê CNC.



A previsão para o Dia das Crianças, termômetro para o Natal, era pessimista, mas com a aproximação da data as expectativas se mostraram mais estáveis. Agora a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) emitiu uma nota prevendo que o Natal deste ano deve registrar a primeira queda nas vendas desde 2004.

A expectativa é que a movimentação financeira alcance apenas os R$ 32,2 bilhões, ou seja, uma queda de 4,1% em relação ao ano passado. O segmento de móveis e eletrodomésticos será um dos mais afetados pela significativa desvalorização cambial, pela inflação elevada e sobretudo pelo encarecimento do crédito. A previsão da CNC é que o setor apresente uma das maiores retrações em relação a 2014, com queda de 16,3% nas vendas.

Dos oito segmentos avaliados, entre eles hiper e supermercados, vestuário e calçados, farmácias e perfumarias, só há expectativa de crescimento das vendas no ramo de artigos de uso pessoal e doméstico, de 3,1%.

Fim do ano com menos empregos temporários


Diante desse cenário, a contratação de trabalhadores temporários deverá recuar. Embora o corte de 2,3% já esteja previsto no número de vagas em relação a 2014, a demanda sazonal por emprego no comércio varejista deve levar o setor a abrir 139,6 mil posições, destaca a CNC. Em média, o volume de vendas do comércio costuma crescer 35% no último mês do ano. A Confederação estima ainda que o salário médio de admissão poderá chegar a R$ 1.442,00.

Assim como nas vendas, a tendência de retração de vagas temporárias será liderada pelo ramo de móveis e eletrodomésticos (-10,5%), seguido por livrarias e papelarias (-5,0%) e pelas lojas de vestuário e acessórios (-4,9%). Apesar da expectativa de queda nas vendas de vestuário, esse ramo, somado ao varejo de hiper e supermercados e às lojas de artigos de uso pessoal e doméstico, deve responder por oito em cada dez temporários contratados para o Natal de 2015.

Análise Sebrae

Com as recentes previsões do Banco Central para a economia brasileira em 2015, espera-se que o Produto Interno Bruto (PIB) encolha 2,85% até o final do ano e que a inflação chegue a 9,53%, acima da meta de 4,5% para o período.

Este panorama econômico faz com que o comércio varejista seja um dos setores impactados diretamente pela redução no consumo do brasileiro, o que gera a necessidade de que os pequenos negócios do varejo de moda estejam atentos aos movimentos do mercado, buscando diferenciar-se e se adequar aos novos padrões de consumo do brasileiro.

Diante deste cenário, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) prevê que o Natal de 2015 deverá registrar uma queda de 4,1% nas vendas em comparação a 2014, a primeira queda desde 2004. Aliado a este fator, a Confederação espera ainda que o segmento de vestuário e acessórios reduza em 4,9% a contratação de temporários, perdendo apenas para o ramo de móveis e eletrodomésticos (-10,5%) e livrarias e papelarias (-5,0%).

Assim, os empreendedores do setor devem estar atentos para o correto dimensionamento da demanda, para que a empresa de pequeno porte não incorra em excesso ou falta de mercadorias, o que pode contribuir para a geração de resultados negativos no período. Portanto, a gestão de estoques e a compreensão do mercado tornam-se essenciais para que as empresas do varejo de moda possam alcançar novas oportunidades.

Empreendedor, procure auxílio no Sebrae de sua região para o correto dimensionamento da demanda e gestão de estoques, além de contar com uma gestão financeira que permita à empresa superar os desafios com a crise. Telefone Sebrae Itapeva (15) 3522-4120. 

Veja mais


Vendedor brasileiro está menos simpático.

O consumidor entra na loja e muitas vezes encontra o vendedor de cara fechada. Será que a simpatia deixou de ser uma das nossas marcas registradas?

Ler notícia

Saiba mais sobre o Imposto de Renda

No dia 02 de março tem início o período para entrega da DIRPF - Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda - Exercício 2015- Ano base 2014.

Ler notícia

E-BIT abre votação para eleger as lojas mais queridas no 13º Prêmio de E-Commerce.

Vencedores do prêmio, conhecido como o "Oscar do Varejo Online”, serão divulgados durante evento do setor em março.

Ler notícia

Está chegando a Liquida Tudo de Itararé.

Faltam apenas alguns dias para a maior feira de liquidação que Itararé já viu! Serão três dias de arrasar, com descontos de até 70%.

Ler notícia


Comentários