Saúde - 28/09/2015

Gerência de Riscos do HAC apresenta ótimos resultados em avaliação.

O Hospital Amaral Carvalho ficou na categoria A, com 29,74 pontos.



Desde 2009, o Hospital Amaral Carvalho (HAC) mantém o setor Gerência de Risco (GR), que tem como principal foco realizar o levantamento de riscos para pacientes e profissionais de saúde, além de instituir medidas de prevenção e controle.

O serviço integra a Rede de Hospitais Sentinela, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que objetiva concretizar a vigilância pós-uso ou comercialização de produtos. De acordo com a infectologista do HAC e coordenadora da GR, Brígida Reis, essa rede, cujos integrantes são hospitais de ensino e/ou alta complexidade, funciona como um observatório para o gerenciamento de riscos à saúde.

Medicamentos, vacinas, sangue e hemocomponentes, equipamentos e artigos médico-hospitalares são algumas das atividades/serviços acompanhados e avaliados pela GR do Amaral Carvalho. Os dados anuais são encaminhados para a Gerência de Monitoramento do Risco (Gemor), Gerência Geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária (GGMON), e Anvisa. "A informação desses números ajuda a fortalecer o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária e da vigilância pós uso / comercialização no Brasil", explica a profissional.

No monitoramento das atividades da Rede Sentinela realizadas em 2014, o serviço de Gerência de Riscos do HAC apresentou ótimos resultados. Entre os itens questionados estavam a identificação, análise e avaliação de riscos (ferramentas e técnicas utilizadas); o controle dos riscos, como busca ativa de eventos adversos e notificações; a qualidade, por meio de auditorias internas; a educação continuada da equipe; farmacovigilância, tecnovigilância e hemovigilância.

As instituições foram classificadas, de acordo com a pontuação alcançada, nas categorias A (de 27,9 a 37 pontos), B (de 18,5 a 27,8) e C (menor que 18,5). "O Hospital Amaral Carvalho ficou na categoria A, com 29,74 pontos, tendo crescimento em comparação ao ano de 2013", ressalta Brígida.

A médica afirma que a evolução e os bons resultados obtidos são reflexo do empenho de toda a equipe da GR em prestarem serviços de qualidade e demonstram a capacitação do serviço.

Veja mais


Vereadores prestigiam lançamento de centro oncológico

A obra custará R$190 milhões e faz parte da Rede Estadual Hebe Camargo de combate ao câncer

Ler notícia

Campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada.

Pacientes diagnosticados com doenças crônicas, policiais militares, civis e técnicos científicos, professores e carteiros também têm direito à imunização.

Ler notícia

Hemonúcleo Regional de Jaú divulga resultado da campanha em Itararé

Uma grande fila de doadores se formou dentro da E.M. Maria Silveira

Ler notícia

Esporotricose: pesquisadores esclarecem sobre a doença.

Causada pelo fungo Sporothrix schenckii, a esporotricose é uma micose que pode afetar animais e humanos.

Ler notícia


Comentários