Economia - 29/07/2015

Está chegando a Liquida Tudo de Itararé.

Faltam apenas alguns dias para a maior feira de liquidação que Itararé já viu! Serão três dias de arrasar, com descontos de até 70%.



O evento, criado e organizado pela Associação Comercial e Empresarial de Itararé, será nos dias 13, 14 e 15 de agosto, das 14h às 21h, na Praça São Pedro. O diferencial é que no mesmo local estarão barracas de vários segmentos, proporcionando comodidade aos consumidores que podem comprar roupas, tecidos, calçados, lingeries, cosméticos, além de comidas (setor de alimentação da Feira da Lua) e artesanatos, entre outros produtos.

Na Liquida Tudo, os consumidores encontrarão produtos de qualidade com até 70% de desconto. A promoção visa fomentar o comércio local e também beneficiar os munícipes, onde várias empresas estarão reunidas num só local, no coração da cidade.

Na Feira também haverá apresentações culturais como corais, apresentações de dança, e divulgação de novos talentos; área de diversão com brinquedos para as crianças, entre outras atrações.  A ACEI também cederá espaço para que entidades locais [Santa Casa, VICC e APAE] comercializem itens gastronômicos. O Sebrae Móvel também estará presente.

Para movimentar mais a Liquida Tudo, no dia 13 também será realizado o sorteio referente ao Concurso Cultural 5 em 1 – Dia dos Pais.

Não fique de fora dessa e venha economizar também! 

A Liquida Tudo é promovida pela ACEI, com apoio do Sicredi e da Prefeitura Municipal de Itararé.

Veja mais


Sebrae-SP reúne segmento de beleza para discutir melhorias na gestão.

Evento apresentará alternativas para melhorar desempenho das empresas do segmento.

Ler notícia

Vendas para o Dia dos Namorados devem crescer 8% no e-commerce, segundo E-Bit.

Smartphones, livros e DVDs, sapatos, brinquedos, perfumes e vinhos estão entre os mais buscados.

Ler notícia

Faturamento das micro e pequenas empresas paulistas cai 18% em fevereiro.

Foi a maior queda para um mês de fevereiro na comparação com igual período do ano anterior desde 1998.

Ler notícia


Comentários