Agricultura - 14/07/2015

Na região de Francisco Beltrão (PR), mini tornado causa estragos e preocupa os produtores.

Cerca de 20 pessoas ficaram feridas.



Previsões climáticas ainda indicam precipitações para a localidade nos próximos dias. No caso das lavouras de milho e trigo ainda não é possível calcular os prejuízos, mas a perspectiva é de perdas na produção.

Um mini tornado atingiu o município de Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, na noite desta segunda-feira (13). A tempestade, que começou por volta das 19h, atingiu cerca de 50 casas, todas na área rural da cidade, conforme levantamento do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.

Segundo o presidente do sindicato rural do município, Leonardo Mazzon Garcia, as chuvas continuam na região e a previsão "é que elas permaneçam até o final da semana". Esse cenário preocupa o andamento da colheita do milho safrinha e o desenvolvimento das lavouras de trigo na região.

"Devido a tempestade, ainda não conseguimos fazer um levantamento completo do estrago causado, mas algumas informações dão conta que houve uma perda em lavouras, até em áreas de desmatamentos, então calculamos que haverá um prejuízo muito grande na produção agrícola da região", explica Garcia.

As condições do milho segunda safra são ainda mais preocupantes, haja vista que nos últimos dias chuvas intensas já vinham atrapalhando o andamento da colheita. O atraso nos trabalhos de campo, aliado ao excesso de precipitações pode prejudicar a qualidade dos grãos - como o aparecimento de grãos ardidos - e consequentemente restringir a renda dos produtores.

Veja mais


Prejuízo causado por nova lagarta da soja alerta para cuidados nas lavouras do Sul

Alguns produtores deixaram de realizar o monitoramento o que facilita o surgimento de pragas

Ler notícia

Prefeita se reúne com moradores da Pedra Branca

Prefeita recebe abaixo assinado para liberação de espaço para criação de uma Associação de Mulheres Empreendedoras

Ler notícia

Fetaesp entrega 11 residências em Itararé nesta segunda-feira.

Casas fazem parte do Programa Nacional de Habitação Rural.

Ler notícia


Comentários