Economia - 23/06/2015

ACEI destaca o trabalho de fiscalização de ambulantes em Itararé feito pela Prefeitura.

Os vendedores ambulantes são convidados a comparecer na Prefeitura para recolher as taxas necessárias.



  • Mercadorias apreendidas pela Fiscalização Municipal.

  • Mercadorias apreendidas pela Fiscalização Municipal.

  • Mercadorias apreendidas pela Fiscalização Municipal.

A Associação Comercial e Empresarial de Itararé destaca o importante serviço que está sendo realizado pelo departamento de Fiscalização municipal em relação ao comércio. Os funcionários estão atentos e abordando todos os vendedores ambulantes que entram na cidade.

A Fiscalização explica que esses comerciantes são notificados a comparecerem à Prefeitura para recolherem a taxa referente ao alvará de venda ambulante. “Os ambulantes que não se adéquam a situação são convidados a deixar a cidade”.

Durante a abordagem, a Fiscalização também verifica se as mercadorias possuem nota fiscal. Caso sejam irregulares, elas são apreendidas e o comerciante é multado. Ele ainda tem o prazo de 15 dias para apresentar a Nota Fiscal de origem das mercadorias e realizar o pagamento da importância relativa ao AI – Auto de Infração, para retirar os objetos.

“É um serviço muito importante, uma vez que isso atrapalha as vendas dos comerciantes/empresários que estão aqui instalados, que pagam impostos e geram empregos no município”, ressaltou a gerente da ACEI, Karina Valério.

Caso você veja um vendedor ambulante pelas ruas da cidade avise a Fiscalização através do telefone (15) 3532-8000 ramal 8062 ou diretamente no Paço Municipal. Fiquem atento, todos somos fiscais

Veja mais


Seminário em Itapeva orienta empresários para enfrentar crise.

Especialistas vão dar orientações sobre como reestruturar planejamento das empresas no período de queda de faturamento.

Ler notícia

SEBRAE e Prefeitura realizam reunião para apresentar o ‘Empresa Fácil Paraná’.

O ‘Empresa Fácil Paraná’ é o novo sistema de abertura, alteração e baixa de empresas no Paraná.

Ler notícia

ICMS e NFC-e: como o varejo deve ficar atento às mudanças válidas em janeiro.

As mudanças não são poucas e muitas empresas não estão conseguindo atingir os prazos estipulados.

Ler notícia


Comentários