Política - 18/05/2015

Retirado projeto de lei que amplia perímetro urbano.

Seriam incorporadas à zona urbana três áreas particulares no bairro Lavapés - Chácara Bela Vista, Estância São Genaro e Estância O Casarão.



A Prefeitura - baseada em recomendação da área jurídica do Legislativo - optou por retirar para reformulação, antes que fosse à votação, projeto de lei que amplia o perímetro urbano do município.

Com a migração interna ocorrida principalmente nas décadas de 80 e 90, hoje 90% da população de Itararé, de 50 mil habitantes, vive na cidade, o que acarreta uma grande demanda por habitação e, em conseqüência, a necessidade de expansão do espaço destinado à construção de novas moradias.

Pelo projeto de lei, encaminhado à Câmara em 29/4, seriam incorporadas à zona urbana três áreas particulares no bairro Lavapés - Chácara Bela Vista, Estância São Genaro e Estância O Casarão - num total de 32,5 ha, para serem utilizadas em programas habitacionais do governo estadual (CDHU) ou federal (Minha Casa, Minha Vida).

Os argumentos do Legislativo

Em seu parecer a Câmara alertava que para ampliação da área urbana são necessárias adequações tanto em relação ao Plano Diretor Municipal, de 2006 - que estabelece as políticas de expansão urbana do município - como para atender o Estatuto das Cidades (lei federal). O não cumprimento destas determinações poderá trazer problemas legais tanto para a Prefeitura como para a Câmara.

O Plano Diretor determina que no planejamento e execução de programas habitacionais "deve estar assegurada a participação da sociedade civil organizada e da população interessada, por meio do Conselho Municipal de Habitação", o que ainda precisa ser criado e regulamentado.

Além disso, pelo Estatuto das Cidades, para expansão do perímetro urbano do município é necessário elaboração de projeto que demonstre antecipadamente como será feita a ocupação do solo - sistema viário, instalações públicas, proteção ambiental, obras de prevenção de desastres naturais, entre outras determinações.

Diversos municípios no país já tiveram ampliações questionadas judicialmente por falhas nestes e em outros procedimentos legais.

Veja mais


Câmara rejeita instalação de nova Comissão Processante.

O resultado foi de 08 votos favoráveis a rejeição contra 04.

Ler notícia

V.I.C.C. assinará convênio com Governo do Estado para iniciar construção da sede própria.

Verba de R$ 200 mil foi obtida por intermédio do deputado Federal Milton Monti.

Ler notícia

Prefeitura assina Contrato de Transferência de Concessão de Direito Real de Uso de Área.

Acordo garante, de início, seis empregos diretos para a população itarareense.

Ler notícia

Câmara rejeita denúncia do PT contra vereador.

Por onze votos a dois foi rejeitada denúncia do Partido dos Trabalhadores contra o vereador Laércio Amado.

Ler notícia


Comentários